RESSOAR SOLIDÁRIO 2018 REVITALIZA O CENTRO DE ACOLHIDA APARECIDA

Atualizado: 24 de Set de 2019

Ação contou com 100 voluntários para transformar

a vida de mulheres e crianças em vulnerabilidade social


O dia 1º de setembro amanheceu ensolarado. Era o prenúncio da luz e da missão de amor que mais de 150 mulheres e crianças do Centro de Acolhida Especial para Mulheres Aparecida iriam receber. Reunidos pelo Instituto Ressoar, voluntários e parceiros, renovaram o local que acolhe pessoas em vulnerabilidade social. A mobilização, como é chamada a ação, faz parte do Ressoar Solidário, um dos primeiros projetos do Instituto.


Desde o ano passado, uma instituição que precisa ser revitalizada recebe uma grandiosa reforma que conta com o apoio de toda a sociedade para sua concretização. Essa iniciativa surgiu para dar continuidade a outra ação do Instituto, o “Dia de Fazer a Diferença” que desde 2006, estimulava a vontade de fazer o bem por meio do voluntariado.


No Centro, a movimentação começou cedo. Assim que chegaram, os voluntários foram divididos em equipes; uma ficou responsável pela limpeza e organização da casa, outra por acompanhar as crianças num divertido passeio e a última auxiliou e viu de perto a transformação impactante que as mulheres da casa passaram.


As moradoras foram levadas para um ambiente especial, onde o Instituto Embelleze ofereceu tratamentos de beleza diversificados como manicure, design de sobrancelhas, maquiagem, corte e escovação dos cabelos, tudo realizado por profissionais capacitados. Enquanto as mães estavam no espaço, os pequenos foram ao SESC Belenzinho para brincar e compartilhar da contação de histórias.


Ao mesmo tempo que eles viviam momentos únicos de alegria, os voluntários juntaram forças para entregar uma casa renovada, viva e inspiradora. Foram feitas mudanças vitais como pintura, troca dos pisos, instalação de eletrodomésticos, utensílios de higiene e novas roupas de cama. Além disso, foram criadas áreas que não existiam: sala de computação, área de lazer, brinquedoteca e uma sala de costura para que as mulheres possam gerar uma fonte de renda e se reinserirem no mercado de trabalho. O Centro ganhou decoração moderna, flores, plantas e cores vibrantes projetados para trazer o sentimento de esperança, resgatando os laços humanos e tornando o lugar em um agradável lar.


Todas essas transformações não eram presumidas pelos moradores que não faziam nem ideia do que acontecia no Centro durante todo o sábado. No final do dia, foi montado um tapete vermelho para recebe-los. Todos os envolvidos, a Presidente do Instituto Ressoar, Ionice Silva, e a apresentadora Renata Alves aguardavam por essa chegada. Ao som tocante do cantor Thiago Lima, crianças e mulheres entraram na casa pisando o tapete e foram aplaudidas por longos minutos. Foi um momento profundo e emocionante tanto para elas como para os voluntários.


Mais do que a moradia, elas receberam a oportunidade do recomeço, algo que muitas já deixavam de almejar. No término da ação, Renata Alves fez um discurso para estimulá-las a seguir em frente, acreditando no poder interior que possuem. Ionice Silva finalizou com uma palavra motivadora de solidariedade, fé e esperança propondo a cada um dos participantes a olhar nos olhos dessas mulheres, entregar uma rosa e dar um intenso abraço.


A mobilização do Ressoar Solidário 2018 foi um passo essencial para promover a mudança, incentivar os sonhos daqueles que tanto precisam e contribuir para prosperidade de um mundo com menos diferenças.


Agradecemos imensamente todos os voluntários e parceiros que se doaram de alguma forma para que essa transformação fosse possível.


Veja as fotos do antes e depois da transformação: